Blogger Template by Blogcrowds

Sobre Alvinópolis II

De Alvinópolis, um pouco
(Ilderaldo Francisco Ferreira)


Tantos anos
pequenos para sua história.
Calçadas velhas
antigas casas
pela parte alta.
Rangem dobradiças
da igreja das missas
da Nossa Senhora do Rosário
que do alto assiste
à parte, partes
dos dias comuns
de Alvinópolis.

Tantos anos
têm os sinos
que repicam
bela melodia antiga
com a ajuda do vento
em alegre tocar
ou em triste lamento
a anunciar coisas em Alvinópolis.

Tantas pequenas ruas
se cruzam em outras tantas
e se perdem como veias ramificadas
no corpo de Alvinópolis.

Tem-se tradição
O povo segue costumes antigos
todo estranho ganha e faz
em paz bons amigos.
Os velhos contam casos
que ficam para sempre
e o tempo passa
com bom ar a tudo abraça
e segue pequena calma
em calma Alvinópolis.

(Fotos de Gjunior - http://www.alvinews.com.br/)

1 comentários:

Olá amigo Vanderlei, muito legal o poema do Ilderaldo.
Estará na próxima coluna do alvinopolense.
Abração

9:24 AM  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início